5 COISAS QUE TODA BOA OFICINA DE CÂMBIOS AUTOMÁTICOS DEVERIA SABER.

5 COISAS QUE TODA BOA OFICINA DE CÂMBIOS AUTOMÁTICOS DEVERIA SABER.

 

A saúde de qualquer negócio passa por uma boa administração. Há empreendedores natos, empreendedores herdeiros, empreendedores sociais, todos com características de administração muito próprias. Mas nenhum deles pode fugir de uma conduta central básica: o planejamento e controle de execução são exercícios diários na rotina de qualquer dono de negócio.

No mercado de autocenters, oficinas, manutenção e prestação de serviços para veículos com câmbios automáticos há alguns itens que são indispensáveis para manter o sucesso:

#1 Atendimento

Você tem os processos de atendimento bem desenhado dentro de seu negócio? Quem faz o quê? Esse é um fator muito importante porque impacta diretamente na satisfação do cliente. Imagina chegar em um local para um reparo no câmbio automático e ficar sem atendimento pois o funcionário especialista foi almoçar ou foi ao banco. Lembre-se que muitas vezes você tem 30 segundos para fidelizar e encantar um cliente ou, os mesmos 30, para determinar que ele nunca mais te procurará.

#2 Capacitação e aprendizado

Manter uma equipe atualizada é minimizar falhas, custos e prejuízos. Inclusive este é um dos fatores de quebra de diversas oficinas. Cursos, palestras, aulas, videoconferências podem garantir o acesso a conteúdos específicos sobre câmbio automático, e além disso, transmite à equipe a sensação de amparo profissional e incentivo ao aprendizado.

A tecnologia dos câmbios automáticos evolui ao mesmo passo que o mercado avança. Cada dia novas funcionalidades surgem e é essencial estar preparado para o atendimento.

Por falta de conhecimento e atualização  técnica, muitas oficinas simplesmente deixam para a concorrência toda oportunidade e lucratividade existente neste tipo de reparo.

E o prejuízo não ocorre apenas uma vez, mas sim ao deixar de acompanhar a vida útil do câmbio na mão do proprietário já fidelizado.

Conheça mais sobre o curso inicial módulos 1 e 2.


Aproveite os materiais como boletins e downloads técnicos disponibilizados para quem acompanha a Thoten, monte um banco de informações para suporte da equipe.

#3 Ensine

Em geral, são poucos os clientes que chegam à oficina sabendo exatamente qual o problema do seu câmbio automático. Acredite: muitos deles não sabem nem como usar da melhor forma em seus veículos. Parte do bom atendimento é um ensinamento, de forma clara, com uma linguagem que o cliente entenda e até mesmo na prática.

Os cinco minutos que você investirá para orientar o cliente podem fazer com que ele volte em outras ocasiões. Dê dicas, demonstre o seu conhecimento e ganhe a confiança transmitindo credibilidade.

#4 Olho no estoque

Peças que saem mais devem ser compradas com mais agilidade. Otimize seu espaço, mas não deixe de ter as peças necessárias para o trabalho diário. Muitas vezes o que determina a aprovação ou não de um serviço de reparo em câmbio automático é o tempo de execução.

Ninguém gosta de ficar sem seu carro. Se você tiver a peça em mãos é meio caminho andado.

#5 Bons negócios com bons fornecedores

Tenha uma visão macro. Para o seu negócio funcionar bem quantas engrenagens, ou melhor, discos, são necessários? Os fornecedores serão seu braço direito. Sua equipe de trabalho serão suas pernas.

Mantenha um bom relacionamento com o time todo. Um relacionamento cordial com fornecedor poderá lhe render condições melhores nas negociações futuras.

Entenda porque a Thoten é líder de mercado em http://thoten.com.br/por-que-a-thoten/

Gostou do artigo? Fique conosco e acompanhe nossas próximas matérias.

Distribuidora Autorizada
Febi Bilstein
Transtec
Nossos Parceiros
APPTA Brasil
Allomatica
Alto Made In USA
Transtar Industries
CFX
Raybestos
Sonnax